Pesquisa

sábado, 25 de abril de 2009

DEFICIÊNCIAS - Mario Quintana

"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.


"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.


"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.


"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.


"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.


"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.


"Diabético" é quem não consegue ser doce.


"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer.


E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:
"Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus.


"A amizade é um amor que nunca morre."

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Nem tudo é como você quer, nem tudo por ser perfeito !

Esta letra do Capital Inicial lembra bem algumas pessoas que se cobram demais perante suas vidas, essas cobranças muitas vezes nos deprimem quando nossos objetivos não são alcançados, sempre queremos o máximo de nós e nos culpados por ás vezes nos distrairmos e eventualmente não chegar ao resultado final como desejado. Seja ele por querer de mais de nós mesmo ou por ter havido uma falha durante o percurso. Se bem me lembro às falhas das pessoas vem desde a nossa criação, está intrínseco em nossas vidas e temos que conviver com elas. Talvez um dos grandes desafios da vida seja aprender a errar, corrigir, se levantar, olhar para frente e seguir para um futuro melhor.


Nem tudo é como você quer
Nem tudo pode ser perfeito
Pode ser fácil se você
Ver o mundo de outro jeito...

Se o que é errado ficou certo
As coisas são como elas são
Sua inteligência ficou cega
De tanta informação...

Se não faz sentido
Discorde comigo
Não é nada demais
São águas passadas
Escolha uma estrada
E não olhe
Não olhe prá trás...

Você quer encontrar a solução
Sem ter nenhum problema
Insistir e se preocupar demais
Cada escolha é um dilema...

Como sempre estou
Mais do seu lado que você
Siga em frente em linha reta
E não procure o que perder...

Se não faz sentido
Discorde comigo
Não é nada demais
São águas passadas
Escolha uma estrada
E não olhe
Não olhe prá trás...


terça-feira, 7 de abril de 2009

Licenças de uso de programas

Você sabe a diferença entre programas freeware e shareware ?
Saiba que existem muitos outros tipos de licença para uso de programas, aí vai algumas delas:

Gratuitos:

Freeware:
São programas gratuitos, eles não expiram e você pode usá-los livremente pois nunca terá que pagar por isso. Alguns programas são gratuitos apenas para pessoas físicas ou uso não comercial.

Adware:
Também são programas gratuitos, mas trazem publicidade em forma de banners ou links que bancam os custos do desenvolvimento e manutenção do software. Muitos adwares oferecem versões pagas dos programas, sem propaganda, mas a compra neste caso é opcional, você pode ficar com a versão suportada por banners por quanto tempo quiser.

Opensource:
São programas gratuitos que possuem o código-fonte aberto, desenvolvidos na maioria das vezes por comunidades que dedicam seu tempo livre para fazê-lo. Se você for programador, pode modificar o código-fonte dos programas se quiser, desde que mantenha os créditos aos criadores deles. A licença de uso opensource mais popular é a GNU-GPL, para saber mais sobre a licença GNU-GPL acesse http://www.gnu.org/copyleft/gpl.html

Gratuitos para testar:

Shareware:
São programas que após um determinado tempo de uso - este tempo varia de programa para programa - ou número de utilizações, perde algumas ou todas as suas funcionalidades. Após este período você deve ou apagá-lo do computador ou registrá-lo através do pagamento de uma taxa ao desenvolvedor. Como um usuário registrado você tem inúmeros benefícios, desde suporte a atualizações gratuitas do programa. Lembre-se que você não é obrigado a pagar o registro do programa, se não quiser pagar basta apenas desinstalá-lo.

Demo:
Este tipo de distribuição é mais comum em jogos. Os demos de jogos apresentam apenas algumas fases e servem para você analisar se vale a pena comprá-lo ou não. Os demos não expiram e nem podem ser registrados. Se você quiser comprar o software terá que recorrer a uma loja.

Trial:
É semelhante ao tipo Demo, mas se aplica a programas. Você pode testar o programa em sua totalidade, com todos os recursos e por quanto tempo quiser, mas geralmente não poderá salvar ou exportar os trabalhos feitos. Se quiser comprar o programa deverá ir a uma loja e comprar a caixa, não há opção para registrar o programa.Alguns programas Trial permitem que você salve e exporte os trabalhos por um certo tempo, mas após este tempo de uso a única opção é comprar o programa completo ou apagá-lo do computador.

Curiosidade:
Existem algumas licenças bem curiosas, como o Postcardware e o StampwareCardware. Na Postcardware você deve enviar um cartão postal ao desenvolvedor para obter o registro e na StampwareCardware uma carta deve ser enviada ao desenvolvedor para registrar o software.

Artigo Completo Publicado em BlogontjeNet

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Apple completa 33 anos

Hoje, 1º de abril, a Apple completa 33 anos. A empresa foi fundada por Steve Jobs e Steve Wozniak em 1976, em Cupertino, na ensolarada Califórnia, sob o nome de Apple Computer Inc., e retirou o "computer" de sua razão social em 2007, no lançamento do iPhone e da Apple TV.



Artigo Completo Disponível em Terra Tecnologia